CAPIVARA (HYDROCHOERUS HYDROCHAERIS)

Capivara (Hydrochoerus hydrochaeris)

Reino:
Animalia

Filo:
Chordata

Classe:
Mammalia

Ordem:
Rodentia

Família:
Caviidae

Gênero:
Hydrochoerus

Nome Científico/Espécie:
Hydrochoerus hydrochaeris

Nome Popular:
Capivara

Alimentação:
Herbívora. Alimentam-se de diversos tipos de vegetais, capim, raízes, frutos. Costumam invadir áreas cultivadas causando conflitos com agricultores.

Reprodução:
Reproduz o ano todo, a gestação dura em torno de 120 dias nascendo de 1 a 7 filhotes. Podem parir 2 vezes ao ano.

Características:
Podem pesar até 100 kg, mas a média é de 50 kg para as fêmeas e 60 kg para os machos. Podem medir até 1,30 metros de comprimento e chegar até 0,60 metros de altura. É o maior roedor do mundo.

Habitat:
Tem ampla distribuição pela América do Sul, vivem em regiões de clima tropical próximos a corpos d'água permanentes.

Atividade:
Diurna e noturna - Sua atividade depende principalmente da pressão que a caça exerce sobre as populações.

Vivem em grupos formados de um macho dominante, várias fêmeas e filhotes de diversas idades. Formam grupos com mais de 20 indivíduos.

A água é muito importante para as capivaras, só são encontradas próximas a ela, utilizam para beber, copular e fugir de predadores.

A alta capacidade reprodutiva, hábitos alimentares generalistas, baixa exigência quanto às condições de seu habitat e o desaparecimento dos predadores naturais (onças, jacarés, sucuris e piranhas) contribuíram para o desequilíbrio populacional da capivara no Estado de São Paulo.

Tem importância na saúde pública, está relacionada com a transmissão da febre maculosa, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii através do carrapato estrela do qual a capivara é hospedeiro primário.

Classificação IUCN:
Pouco preocupante - Tem ampla distribuição pela América do Sul, no entanto algumas populações desapareceram devido à caça ilegal.