Cachorro doente e vítima de maus-tratos é resgatado em Campinas (SP)

Um cachorro da raça golden retriever foi resgatado em estado grave na tarde deste sábado (10) em uma casa em Campinas (SP). Além de uma otite severa, o animal está com infecção nos olhos e início de pneumonia. Há suspeita de que esteja com com tumor de testículo e babesiose (popularmente conhecida como doença do carrapato). Ao invés dos 36kg que deveria pesar, o cão está com 20kg. Ele foi internado apático em uma clínica veterinária, onde deverá permanecer por pelo menos 15 dias.

“Vamos fazer o possível para que ele se recupere. Ele já sofreu demais e foi muito judiado. Estava abandonado há tempos e está com muita dor”, afirma o médico-veterinário Leandro Carvalho, da Animal Palace.

“O que mais me impressionou foi o cheiro. Estou acostumada a resgatar cães de extremos maus-tratos, mais nunca vi um animal exalando fétido assim”, declara a enfermeira Marynes Silva. “Mesmo não tendo condições de resgatar o cachorro, nem de ter onde colocá-lo, eu não poderia deixá-lo lá”, acrescentou a protetora, que conta hoje com outros 27 cães sobre sua responsabilidade, todos resgatados em situações adversas.

Depois de receber o pedido de ajuda, Marynes foi até a casa, e, em um primeiro momento deu água e ração para o animal, a quem deu o nome de Bruce. Mas, sem carro para poder levá-lo à clínica, contou com a ajuda da contabilista Simone Regina Pires, que é cadeirante. Simone é insuficiente renal e estava fazendo hemodiálise quando ficou sabendo do caso. Assim que acabou a sessão, foi ao encontro de Marynes para ajudá-la.

“Fiquei com muita dó do cachorro, muito magro e desnutrido”, diz. Há um ano, Simone fez o resgate de um caso semelhante; o de um cachorro que estava abandonado no Jardim Satélite Íris 1, sendo comido por bicheiras. Depois de um intenso tratamento, Chico se recuperou. Hoje vive em um hotelzinho, e é mantido por um padrinho que se compadeceu dele, e que ajuda Simone a mantê-lo. Assim como Marynes, a contabilista conta com outros resgatados sob sua responsabilidade.

TRATAMENTO E AJUDA

Assim que Marynes resgatou Bruce, acionou a Animal Palace para os primeiros socorros. E, quando chegou, uma equipe da clínica já estava de prontidão. “Como já conhecemos a seriedade do trabalho da Marynes, já ficamos a postos, pois sabemos que quando ela diz que é um caso grave, é porque realmente se trata de algo extremo”, informa a proprietária da Animal Palace, Juliane Wildemann. “Bruce chegou aqui completamente debilitado e fragilizado, clamando por ajuda só pelo olhar”, completou.

Ao entrar na clínica, o cachorro já tomou antibióticos de largo espectro, anti-inflamatórios, soro e sedativos. Depois, tomou banho para a retirada de pulgas e carrapatos, e recebeu uma ‘raspagem’ como parte do tratamento para a sarna. Para que se recupere, precisará de nutrição especial. Sangue foi colhido para uma bateria de exames, que indicarão o tratamento com precisão. E, assim que o animal se recuperar, será colocado para adoção responsável.

A protetora vive do salário de enfermeira, e custeia os resgates com recursos próprios e com doações. Alugou um terreno onde colocou os resgatados, enquanto os animais aguardam por adotantes. Está construindo o abrigo, e precisa de ajuda com areia, cimento e telha brasilite. Além disso, precisa constantemente de ração, medicamentos, vermífugos e anti-pulgas.

Quem quiser ajudar, deve entrar em contato com a protetora pelo telefone (19) 9 9270-5779.

Fonte: Correio Popular

, , ,