Cadela abandonada porque tinha apenas duas patas é adotada e volta a andar

A cadela Almendra ainda era um filhote quando foi vítima de maus-tratos. Ela nasceu sem as patas dianteiras e, por causa da deficiência, sua família a maltratou ao deixar que ela se arrastasse pela casa para se locomover, fazendo feridas em seu corpo. Além disso, após pouco tempo, ela foi abandonada pelos tutores.

Reprodução

Reprodução

Ao conhecer a história de Almendra, a veterinária mexicana Adhara Talamantes resolveu adotar a cadela e prometer ao animal que ele teria uma vida mais feliz. “Quando ela era bem pequena, eu tinha que limpar as suas feridas todos os dias. Eu também precisava protegê-la de qualquer infecção para que ela conseguisse se curar”, contou Adhara ao Mirror Online.

Reprodução

Reprodução

Adhara também precisou ensinar Almendra a andar. Como a cadela estava acostumada a se arrastar, ela não tinha força e mobilidade nas patas traseiras. Para ensinar o animal, a veterinária fez fisioterapia e tratamentos na água. “Ela é uma cadela batalhadora. A sua vontade de viver é tão forte que ela realiza tudo o que ela precisa. Ela é a minha melhor amiga. Ela mudou completamente a minha vida”, disse a veterinária.

Reprodução

Reprodução

Além disso, Adhara assistiu tutoriais no YouTube para aprender a construir uma cadeira de rodas para a cadela. Graças ao esforço e empenho da nova tutora, Almendra conseguiu andar novamente e descobrir o que é a felicidade.

Fonte: Pet Cidade

, , , ,