Cientistas descobrem gato árabe dado como desaparecido há 11 anos

Uma equipe de cientistas partiram para uma missão nos Emirados Árabes Unidos para encontrar uma espécie felina. Desde 2005 que o gato árabe (Felis margarita harrisoni) estava fora do alcance dos investigadores.

Shakeel Ahmed, cientista assistente na Agência de Ambiente de Abu Dhabi, liderou a equipe para tentar encontrar a espécie rara na zona protegida em Bayouna. O plano consistiu em atrair os felinos, através de iscas de comida, com o objetivo de documentar fotograficamente.

A operação decorreu no ano passado e o resultado saiu publicado na European Journal of Wildlife Research. Para além do relato da experiência, os investigadores envolvidos revelam que conseguiram tirar mais de 40 fotos do gato árabe e documentar outras espécies animais como escaravelhos e osgas.

A dificuldade de acompanhar a espécie deve-se ao não deixar rastro das pegadas na areia. É estimado que apenas 300 criaturas se encontrem em seus habitats.

A equipe destacada espera que com a informação recolhida seja útil para criar uma área protegida adequada para estes animais, nos próximos anos.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Rádio Comercial

, , , ,