Superação: O cachorrinho que nasceu sem as duas patas

Pippin é um filhotinho de cachorro que nasceu sem as duas patas dianteiras, mas isso não o impediu de ser um cão brincalhão e muito feliz. Mesmo com as limitações, o cãozinho é um animal independente. Ele pula, brinca e faz bagunça todos os dias.

Pippin mora no abrigo da ONG LoveyLoaves, que se dedica a reabilitar cães especiais em Orlando, nos Estados Unidos. De acordo com Ward Wells, administrador da ONG, Pippin é um filhote normal. Como todos os outros ele brinca, é saudável e extremamente feliz. “Cães podem se adaptar incrivelmente bem às circunstâncias de suas vidas”, conta Wells.

Fonte: Diário de Pernambuco

Mas para torná-lo ainda mais independente em suas brincadeiras e necessidades diárias, Pippin vai ganhar uma cadeira de rodas. Mas Ward Wells explica que ele vai precisar se desenvolver para conseguir usar o equipamento sem correr riscos. “Qualquer cadeira de rodas adquirida hoje não caberia corretamente porque ele tem apenas 8 semanas de idade. Nossos carrinhos são personalizados com medidas exatas e especificações para cada cão”, afirmou.

Por isso, enquanto ele não tem tamanho suficiente para usar uma cadeira de rodas adaptada para sua necessidade, ele se vira como pode para pular e brincar. “Por agora, ele está andando como um t-Rex e pulando como um coelho em suas patas traseiras”, brinca Wells.

Fonte: Anda

, , ,